sábado, 31 de março de 2012

NÃO MORRA PELA BOCA!

 

Quando estamos doentes, todos tem receitinhas milagrosas para ficarmos "fortinhos", coisas que podemos ou não devemos comer, mas ao se tratar de câncer sempre temos ressalvas.


Comer bem e em cores é fundamental, pratos bonitos e coloridos além de serem perfeitos para nutrição levantam qualquer astral.

Tem dias, é verdade, que nada parece passar! Mas pra tudo tem um jeito, se o intestino ta preso, ou ta solto demais, se o enjoo esta persistente, se tem asia ou má digestão, não se preocupe, use a comida a seu favor, o que não pode de maneira nenhuma é ficar sem comer, porque como ja diziam nossas avós: "Saco vazio não para em pé!!!!"

Temos que ter uma imaginação realmente muuuuuuuuuito fértil para fazermos as refeições nossas de cada dia se tornarem atraentes e sedutoras, uma vez que a medicação causa alteração de olfato e paladar.

O líquido é peça fundamental na nossa nova dieta, que teoricamente pode tudo, porem nos cabe um pouquinho de responsabilidade com nós mesmas.Então nos resta, colocar a água pra gelar, pra esquentar, pra misturar...Vamos abusar dos sucos naturas, dos chás, das águas saborizadas, dos isotônicos, das águas de coco e até mesmo dela branquinha e pura...Seu corpo é composto de 75% de água, então tente manter este percentual...rs.

Abuse do que é natural, das frutas, verduras e legumes, tome sorvete, picolé e iogurte, tente deixar as coisas mais leves, evite frituras, gorduras e refrigerantes.

CUIDADO, pode tudo na hora certa!

Como assim?

O seu corpo fala, tente ouvi-lo, ninguém melhor do que ele para te dizer o caminho...

O que vamos comer hoje?Pergunte todos os dias ao seu corpo, e com certeza você ouvira as respostas de seu intestino, seu estomago, seu figado... Preste mais atenção aos sinais do seu organismo.

É importante lembrar que cada um reage de forma particular ao tratamento.








"Comida de alma é aquela que consola...dá segurança, enche o estomago, conforta a alma, lembra a infância" (Nina Horta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário