quarta-feira, 9 de maio de 2012

LINFEDEMA: O TERROR!




PARTE I

Chegou a hora de falar de nosso maior pesadelo! Além da notícia de que a mama será retirada vem de brinde a possível retirada dos gânglios linfáticos da axila... E aí, para qualquer marinheira de primeira viagem a pergunta é: e daí?
 

E daí que os linfonodos são os órgãos linfáticos mais numerosos do organismo, cuja função é a de filtrar a linfa e eliminar corpos estranhos que ela possa conter, como vírus e bactérias. Em síntese ele drena as impurezas do corpo, logo o esquema é evitar qualquer tipo de situação em que haja presença dos inimigos: vírus e bactérias! Mas como assim?

A única cena que me vem à mente é o meu antigo mastologista me dizendo que eu não poderia mais retirar as cutículas e eu ali indignada, pois como no auge dos meus trinta anos eu teria que ficar com as unhas feias!?

Parece superficial, mas o fato é que levamos um tempo para aceitar imposições, principalmente aquelas que afetam diretamente a nossa auto-estima. Por isso passar pelo câncer de mama é uma escola de auto-melhoramento!

O primeiro lugar que o câncer de mama visita são os linfonodos axilares, e deles então podem se espalhar para o corpo, por isso é que no momento da cirurgia é realizado um exame que diz se esses amigos desconhecidos até então, estão comprometidos.

Existem algumas etapas a serem consideradas, dependendo do grau de invasão do tumor, assim, são retiradas as camadas dos linfonodos e dependendo da extensão o esvaziamento é completo.

Pronto, você acaba de adquirir a possibilidade de desenvolver uma patologia em decorrência da retirada dos gânglios linfáticos, o LINFEDEMA! O terror!

Unânime, acreditamos que para todas as mulheres mastectomizadas com esvaziamento axilar que o linfedema é uma das maiores preocupações do pós operatório, pois a sua evolução se assemelha a elenfantíase, ocasionando dores, perda dos movimentos e da sensibilidade até a perda do membro afetado.

Mas calma! Tem como evitar, claro que a listinha de cuidados é extensa e chata, mas vamos combinar que agora a gente já aprendeu a se amar e a gastar um tempo danado com o nosso bem estar!

Então vamos à lista:

1. Nunca tome injeção ou retire o sangue no braço afetado.
2. Quando for medir a pressão arterial deve ser no braço não afetado ou na perna, quando os dois braços estiverem afetados.
3. Mantenha o seu braço sempre limpo. Use loção hidratante após o banho. Tenha certeza de que todas as dobras do braço estejam secas e também entre os dedos.
4. Evite fazer movimentos vigorosos e repetidos com o braço afetado.
5. Evite carregar objetos ou sacolas pesadas ou segurar o seu cão pela coleira e nunca carregue bolsas ou malas por cima do ombro do lado afetado.
6. Não use roupas, jóias ou tiras elásticas no braço afetado.
7. Evite mudanças de temperaturas extremas durante o banho ou ao lavar a louça, é recomendado evitar saunas e banheiras quentes (ou mantenha o braço afetado do lado de fora). Proteja sempre o braço do sol.
8. Tente prevenir qualquer trauma (machucados, cortes, queimaduras de sol e outras queimaduras, contusões de esporte, picadas de inseto, arranhões de gato) no braço afetado (fique atento a sinais de infecção quando isto ocorrer).
9. Use luvas ao fazer os serviços domésticos, jardinagem ou qualquer outro tipo de trabalho que possa causar qualquer pequeno machucado.
10. Quando for fazer as unhas, não retire cutículas (informe a sua manicure).

11. Exercício é importante, mas consulte o seu fisioterapeuta. Não deixe o seu braço cansado: se sentir dor, repouse e eleve o braço. Exercícios recomendados: andar, nadar, exercícios aeróbicos suaves, andar de bicicleta, e especialmente dança ou yoga.
12. Quando viajar de avião, use uma braçadeira de compressão feita sob medida.
13. Pacientes com mamas grandes devem usar próteses mamárias leves (próteses pesadas podem colocar muita pressão nos gânglios do pescoço). Use tiras/alças macias sobre o ombro.
14. Use um aparelho elétrico (de corte) para remover os pelos da axila. Tenha o seu próprio aparelho e troque-o sempre que necessário.
15. Pacientes com linfedema devem usar uma braçadeira de compressão feita sob medida durante todo o tempo em que estiverem andando. Faça o controle com seu fisioterapeuta a cada 4-6 meses. Se a braçadeira estiver muito larga, provavelmente a circunferência do seu braço reduziu ou a braçadeira está gasta.
16. Cuidado: se você perceber uma erupção, coceira, vermelhidão, dor, aumento de temperatura ou febre, procure o seu médico imediatamente. Uma inflamação ou infecção no braço afetado pode iniciar ou agravar o linfedema.
17. Mantenha o seu peso ideal através de uma dieta bem balanceada. Evite fumar e ingerir álcool.
Fácil não é? Mas sem desespero, tudo com muito bom senso é sempre melhor de se conviver. Porém há que se ter o cuidado, mas sem deixar de aproveitar a vida... É só criar o hábito e ir desenvolvendo alternativas para cada etapa!



9 comentários:

  1. As informações estão sendo muito importantes, voces são guerreiras.Deus Abençoe voces. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Thereza por estar sempre nos acompanhando com tanto carinho...bjus

    ResponderExcluir
  3. Temos LUZ/ILUMINAÇÃO e GARRA pra viver com saúde/paz/alegria e mto amor apesar desse tal de . É juntando pedras que construímos nosso #AP.

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho linfedema do meu braço direito e isso me afeta muitíssimo psicologicamente.....e no inverno é um horror conseguir roupa onde meu braço entre.....já não bastou ficar sem as 2 mamas numa única cirurgia ainda fiquei assim com meu braço....isso mexe muito comigo psicologicamente....

    ResponderExcluir
  5. Após quase 4canis de ter feito cirurgia da mama e ter feito cirurgia e esvaziamento total da axila braço esquerdo
    Sou canhota e professora.
    E pasmem...
    Tive 6 meses de licenças saúde negada com quimioterapia radioterapia psiquiatra.
    Voktarca dar aula.
    E há 2 meses me encontro com dores terríveis e diárias..continuo dando aula.
    Comecei a usar a luva igual essa da foto acima que sinceramente redobra a dor.
    E agora a espera do dia 7 pra saber o diagnóstico.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Olá meninas! Fui submetido à mastectomia há 22 dias, com esvaziamento axilar. Por enquanto, minha indagação se refere à higiene. Estou usando apenas um sabonete bactericida, mas não está suficientemente eficaz.Fiquei algum tempo sem ânimo para rotineiro asseio diário por motivo emocional. Que produto poderia usar? Muito obrigado. José Antônio.

    ResponderExcluir
  8. Bom dia! Minha mãe por esquecimento tomou a vacina da gripe no braço em que tirou ou gânglios na terça feira dessa semana...não está sentindo nada de anormal...o que pode acontecer???

    ResponderExcluir
  9. Bom dia! Minha mãe por esquecimento tomou a vacina da gripe no braço em que tirou ou gânglios na terça feira dessa semana...não está sentindo nada de anormal...o que pode acontecer???

    ResponderExcluir