domingo, 17 de junho de 2012

CATALISANDO




Sabe de uma coisa? Cheguei à conclusão de que o Câncer é um catalisador de coisas mal resolvidas!

Você já reparou que quando recebe um diagnóstico positivo de CA você imediatamente começa a procurar por coisas que tinha deixado pela metade?

Procura aquele amigo que você ama mais que não vê a tempo, busca esclarecer coisas que a muito deveriam ter sido feitas, se descobre, se espiritualiza, paga suas contas e conta toda verdade a alguém...Pois é não sei com vocês, mas o medo da morte me deu coragem de viver! rs... Estranho né? Mas foi verdade...


Acho que passamos por um processo muito profundo e rápido de amadurecimento, descobrimos o verdadeiro senso de responsabilidade (não que não o tivéssemos) mas passamos a ser responsáveis pela nossa cura e esta depende irremediavelmente de nosso bem estar, físico, emocional e espiritual.

E é ai que a casa cai... Quase que literalmente! Porque para se fechar ciclos precisamos remexer em feridas aparentemente cicatrizadas, e isso dói, dói muito! Se não doesse com certeza já teríamos resolvido.

E o CA nos “proporciona” isso, nos dá o direito da cura. A cura que vem de dentro para fora, da alma para o corpo.


E passamos a nos sentir grandes, leves, felizes... Paramos de arrastar correntes e carregar pianos... Enterramos os fantasmas que muito provavelmente foram os responsáveis por tudo isso! 

Não vejo o Câncer como castigo, vejo como dádiva, chance única de evoluir, amadurecer, romper o casulo da lagartinha feia e rancorosa para nos tornarmos borboletas lindas e corajosas que mesmo com cicatrizes (profundas, diga-se de passagem) se arriscam em voar!





Nenhum comentário:

Postar um comentário