segunda-feira, 8 de outubro de 2012

FAZENDO AS PAZES COM SEU CORPO


   





Engraçado como, inconscientemente, tentamos não nos perguntar algumas coisas... No outro dia, me perguntaram se eu já havia perdoado meu corpo, se já havia feito as pazes com ele.

A primeira resposta instintiva é sim, mas não! Não é uma coisa assim tão fácil de se fazer. Algumas dores persistem, umas restrições também, difícil admitir, mas já não temos a mesma força e disposição e isso faz o perdão ficar um pouquinho mais difícil. Mas vamos combinar que a culpa não é só dos erros de metabolismo, mas contribuímos bastante com alguns maus-hábitos!!!

Mas aos poucos fazemos tentativas válidas, afinal, o perdão é um exercício diário!


Então vamos lá à listinha de tentativas:

Alimentação: Vamos pegar mais leve... Faça pelo menos três refeições (café da manhã, almoço e jantar) e dois lanches saudáveis por dia; Diminua a quantidade de sal na comida; Beba pelo menos, dois litros (de seis a oito copos) de água por dia. Torne sua vida mais saudável!                                                                                  






Exercícios físicos: pessoas que participam de programas de exercícios físicos regulares apresentam melhorias significativas na saúde física e  mental! Haja visto as postagens da série "Mova-se"! rs.





Evite os vícios: Tabaco, álcool e drogas podem te levar a outro encontro indesejável com o câncer...










Administre o estresse do dia-a-dia: O estresse pode ser definido como uma reação automática, não específica do corpo a qualquer demanda, podendo ser um desafio ou qualquer tipo de mudança que requer adaptações. Frente ao diagnóstico de um câncer, é comum os cuidadores ficarem mais suscetíveis ao estresse. Fique atento! Observe sinais de ansiedade, depressão, raiva ou irritação; Tente manejar apropriadamente os sintomas; Procure ajuda profissional; Converse com amigos íntimos ou familiares sobre seus sentimentos; Divida as tarefas diárias com outros familiares - Para o seu próprio bem-estar, não tenha receio de pedir auxílio. Isso evitará a sua sobrecarga, evitando o estresse físico e emocional; Tire um tempo para fazer as suas coisas: Saiba que tirar esse tempo para você é importante, pois lhe dará mais ânimo e capacidade de continuar cuidando das pessoas que você ama. 







Fique em dia com seu acompanhamento médico: Faça visitas periódicas a seu médico, afinal, existem paixões tórridas que não podem ser rompidas assim! rs.

Refaça os exames e tome corretamente seus remédios.








Evite buscar padrões de beleza: com certeza, o contexto já te deixou mais linda que a Gisele, mais humana que a Angelina e mais interessante do que a Cameron... Então seja autêntica!







E, aos poucos, seu corpo vai chegando o mais próximo da normalidade possível, as curvas vão se acentuando, o ritmo de vida vai engrenando e logo - lógico, dependendo de você - tudo toma seu curso!



Em breve, seu corpo passará de vilão para mocinho, você vai deixar de ter mágoa, para ter orgulho por ele ter sido forte o suficiente, para superar toda a turbulência. E assim, as coisas ficam mais fáceis e menos dolorosas...



Pense nisso!!!   




Nenhum comentário:

Postar um comentário