quarta-feira, 17 de outubro de 2012

NA BALADA!




Há quem diga que o câncer de mama está relacionado com o ambiente, bem como com os hábitos que a pessoa tem! Pensamos que na verdade, muitos são os fatores que levam ao desenvolvimento da doença e poderíamos criar um blog só para falar disso! rs...

 Mas em algumas coisas, temos que concordar e uma delas é com relação à dupla dinâmica: o álcool e o cigarro, vilões que fazem  parte da vida de tantas mulheres!

 O cigarro já foi considerado estatus, mas hoje já é visto com maus olhos pela maioria. Agora o álcool ainda tem passe livre pelas rodas sociais, por ainda ser o promotor do convívio entre várias pessoas.




Infelizmente a indústria do álcool e do tabaco gera bilhões em renda no mundo todo, além de empregar milhares de pessoas, mesmo que o custo desse hábito para a saúde pública seja gigante.


Muito tem sido trabalhado em prol de sua erradicação, em campanhas de prevenção e aqui entramos reforçando a luta, pois um cigarro é praticamente um bastãozinho de câncer e o álcool também aumenta as chances do desenvolvimento da doença!



Já comprovado que mulheres que bebem e fumam têm maiores chances de desenvolver o câncer de mama. Olha a surpresa, ele não é apenas vilão para os pulmões, boca, laringe e estômago, suas principais vítimas, mas consegue se tornar fator de risco para aquelas mulheres que começaram a fumar muito cedo e principalmente antes do primeiro filho.


O uso do álcool superior a mais de uma dose ao dia se torna um fator de risco altíssimo para pacientes oncológicos, principalmente para aquelas em que o tumor respondeu positivamente para os hormônios, pois o etanol aumenta a produção de estrogênio. Assim, não faz diferença se você bebe cerveja, vinho ou cachaça! O estrago é o mesmo! rs...


O hábito de fumar na verdade deve ser encarado como um envenenamento progressivo do organismo, pois a cada dose o corpo tem que se superar para eliminar as toxinas, por isso o odor inconfundível de quem fuma!


Então se podemos ter a oportunidade de recomeçar, que seja em novos paradigmas. Qual é o problema de ir pra balada e tomar suco? Mas se você ainda não consegue essa façanha, o que se recomenda é que o consumo seja eventual e muito bem moderado!


Agora com relação ao cigarro, o ideal é queimar esse hábito! Ele te deixa com um cheiro horrível, um aspecto ruim e vai te matando aos poucos! E acredito que se você lutou bravamente para ficar viva, com quimio, radio e tudo o mais, não vai querer dormir com o inimigo não é?!

Pensem nisso!



Nenhum comentário:

Postar um comentário