terça-feira, 12 de março de 2013

LUVAS PARA DETECÇÃO DO CÂNCER DE MAMA: BOM NEGÓCIO?


Luva que promete melhorar detecção do câncer de mama causa polêmica


Foto: R7
Imagem da luva BE gLOVE que promete ajudar as mulheres no diagnóstico de câncer de mama
Uma luva criada no Reino Unido para ajudar as mulheres a detectarem precocemente o câncer de mama está causando polêmica. O equipamento promete ser tão eficaz quanto a mamografia. Apesar disso, a fabricante afirma que o produto não deve substituir o exame médico.




A luva é projetada para ampliar a sensibilidade do dedo 15 vezes, tornando mais fácil para as mulheres sentirem nódulos em seus seios.



Segundo a empresa responsável, um estudo realizado com 130 mulheres mostrou que o produto é capaz de identificar até o menor caroço em estágio inicial, o que aumenta a possibilidade de tratamento e as taxas de sobrevivência.


De acordo com a pesquisa, as pacientes que usaram a BE gLOVE ultrafina no autoexame puderam detectar 100% dos nódulos nos seios, enquanto as que se apalparam só com os dedos perceberam metade deles.


A empresa afirma ainda que a luva é antialérgica e poderia ser usada por até dois anos.


Mas faz questão de frisar que as mulheres precisam ter o hábito de fazer o autoexame todo mês e, a qualquer sinal de nódulo, é preciso procurar um médico imediatamente.


Polêmica


Apesar dos resultados, duas instituições de caridade do Reino Unido advertiram as mulheres para não confiar que produtos afirmam ser melhores que exames médicos para o diagnóstico da doença.


A prova de que os dispositivos dessa natureza podem melhorar a detecção de tumores de mama ainda é muito limitada, por isso é preciso que as mulheres não usem ferramentas como a BE gLOVE como um substituto para as mamografias.


Então independente das novas tecnologias mantenha sempre uma parceria com o seu bom e velho médico!!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário