terça-feira, 30 de abril de 2013

COM QUE CABELO EU VOU?


Umas das primeiras perguntas verbalizadas ao oncologista é: meu cabelo vai cair? 

Quem aí que passou pela Quimio não fez essa indagação? rs... E sempre ficamos buscando alternativas para minimizar o terror de se ficar careca, principalmente para aquelas que amam seus cabelões!

O fato é que na maioria dos casos a alopécia provocada pela quimioterapia apresenta suas garras uns quinze dias após a primeira aplicação dos medicamentos e certamente não estamos preparadas para esse momento.

Tenha em mente que seu cabelo irá crescer novamente e é importante pensar que neste momento você se adapte a um corte mais curto, aproveite para brincar com as cores e estilos, o fundamental é que você se sinta bem e, claro, linda!

 
Nesse aspecto temos uma opção que é a peruca e ela é um recurso importante. Além da praticidade, é simples ajustar e colocar pela manhã e mais simples ainda é não precisar domar os fios, fazer escova, prancha, bobs ou hidratação.



Algumas dicas:



Cor: 
Se você optar por usar a sua cor ou pensando em algo diferente, tente ir um tom mais claro. Ela irá ajudar nas alterações cutâneas que podem ocorrer durante o tratamento. Sempre quis ser ruiva: vá em frente, o importante é adquirir a cor desejada.

Cuidados:
Todas as perucas exigem certa dose de atenção diária, mas provavelmente menos do que o tempo que você gastaria cuidando do seu próprio cabelo.

Quando tirar a peruca, procure armazena-la em um suporte bem vazado, desta forma, se a peruca estiver úmida pela transpiração, ela irá secar e assim não precisa ser lavada com tanta frequência.

Humano X Sintéticos
Muitas pessoas procuram o cabelo humano por pensar que o sintético não aparenta naturalidade. Muito pelo contrário, hoje nos EUA já se desenvolveu uma tecnologia de ponta em fibras, Vibralite e Flexilite, fios mais finos e leves. Um exemplo é na produção da marca Raquel Welch, 90% das perucas produzidas são sintéticas.

Porque Sintético:
A peruca sintética é mais fácil de manter e menos dispendiosa, seca mais fácil, dispensa o profissional para lava-la, o cabelo cacheado no sintético é mais “jeitoso” e não requer cuidados extras, como rolos e bobs.

Hoje já se oferece várias opções de cortes e tons e o mais próximo do seu corte e estilo, a produção das perucas seguem as tendências dos cortes e estilos dos salões de beleza internacionais.


ACHANDO MEU TIPO IDEAL: 





- COR:








BASE DE PELE 
TOM
EVITAR

PREFERIR

CLARA
Pêssego
Tons cinzas
Vermelhos, dourados e tons quentes

Cor de rosa
Tons vermelhos
Tons cinzas e tons quentes




MÉDIA
Cor de rosa
Tons dourados
Tons de cinza e vermelho claro

Amarelo
Tons cinzas
Vermelhos, tons quentes e dourados

Neutro
Tons cinzas
A maioria dos tons ficam bem




ESCURA
Vermelho
Tons cinza
Quentes, neutros


Tons cinza e tons dourados
A maioria dos tons ficam bem












- FORMATO DO ROSTO:














Oval – muitas escolhas - Como o próprio nome indica, o rosto oval é mais comprido do que largo, com a mandíbula mais estreita do que as maçãs do rosto. Como o rosto oval não tem áreas salientes e é bem proporcional, esse formato de rosto se ajusta bem a praticamente qualquer penteado, comprimento ou textura.


Redondo – evitar largura - O rosto redondo tem o contorno do couro cabeludo largo e volume abaixo das maçãs do rosto. A cliente pode estar acima do peso e seu pescoço pode parecer curto. Um estilo geométrico ou linear parece ser o mais indicado. Adicionar altura e mechas longas nas laterais para fazer as bochechas parecerem mais finas. Laterais e nuca devem ter um penteado baixo, junto à pele da cabeça.

Diamante – reduzir a largura nas laterais - O rosto em forma de diamante tem queixo e testa estreitos, enquanto as maçãs do rosto são largas. Esse formato de rosto precisa de laterais estreitas e volume no queixo. Bobs são muito adequados. Evitar altura no topo ou volume nas laterais. Usar franja para cobrir a testa estreita.


Coração – adicionar volume no queixo - O rosto em forma de coração é caracterizado por testa ampla e queixo mais estreito. Trazer alguma mecha de cabelo para a testa para disfarçar a sua largura. Manter o cabelo perto da pele da cabeça na altura dos olhos, mas o deixe um pouco cheio ao redor da mandíbula, assim como abaixo e na frente dos lóbulos das orelhas.


Pera – Adicionar volume acima da linha da mandíbula - O rosto em forma de pera é caracterizado por testa pequena ou estreita e linha da mandíbula em forma de bolsa. Pentear o cabelo para adicionar largura no nível dos olhos através da coroa da cabeça. Pentear o cabelo, ajeitando-o junto à cabeça nas laterais e na nuca.


Quadrado - adicionar suavidade - O rosto quadrado tem estrutura de ossos longos e estreitos. Uma forma facial quadrada geralmente tem pescoço longo e fino. Usar uma franja ou meia-franja em toda a testa, criando ondas suaves ou caracóis nas áreas da coroa ou da nuca. Isso ajuda a criar a ilusão de um formato oval.


Tendo uma atitude positiva, a gente pode aproveitar o momento e descobrir novas perspectivas. Já pensou em ser loira, ruiva ou morena? Tá aí uma excelente oportunidade para descobrir novos estilos e cores... Afinal, tudo passa e logo seu cabelo vai estar de volta e quem sabe ele passe a ser a sua marca registrada?!


Nenhum comentário:

Postar um comentário