quinta-feira, 26 de março de 2015

Enfrentar... É o que temos para hoje!




Resultado de imagem para raioDiz um ditado popular que um raio não cai duas vezes no mesmo lugar. Não sei bem a que tipo de raio o ditado se referia... Tenho a sensação de que estamos em uma estação de trem, muitos chegando, outros saindo e tantos outros chegando pela segunda, terceira, quarta vez... Vejo a energia de quem enfrenta a doença pela primeira vez e admiro a força e coragem em encarar o inimigo.


Lembro que quando fiz o primeiro tratamento, conversei com uma moça na recepção da radioterapia, e ela me disse que tinha tido uma recidiva e estava ali tratando pela segunda vez. Fiquei dias pensando em como deveria ser difícil enfrentar tudo de novo. Nem me imaginava enfrentando o câncer cara a cara mais uma vez. Tinha certeza que quando a última sessão de radio terminasse, eu viraria a página e tudo voltaria ao normal.


E o que é normal?

Uma amiga querida, que lutou bravamente dos dezesseis aos vinte e sete anos contra o câncer, me disse quando soube que eu estava na terceira recidiva: "Essa é a nossa vida amiga... Sempre combater o bandido!" Nessa ocasião ela estava não sei lá em qual metástase... 

E assim, os embates foram vindo e a gente enfrentando. Hoje quando olho para trás, vejo o quanto tenho sido forte, pois pra quem não imaginava passar por tudo de novo, encarar o medo pela quarta vez é algo extraordinário.

E na caminhada a gente aprende que a força vem de acordo com a necessidade. Que Deus nos ampara para lutarmos pelo que é mais importante: a vida! Fácil?! Não... não é mesmo... Quem vive essa rotina de médico, exame, quimio, radio e etc., sabe que é para poucos.

E de mais a mais, temos que manter o sorriso, a esperança, a força e a fé. O câncer não gosta desses elementos e aí com a presença deles, logo ele vai embora! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário